Imprimir esta página
Quarta, 13 Mai 2020 16:37

Queiroz Filho condena divulgação de notícias falsas e pede adiamento do Enem

Avalie este item
(0 votos)
Durante a sessão plenária do Sistema de Deliberação Remoto (SDR) desta quarta-feira (13/05), o deputado Queiroz Filho (PDT) demonstrou preocupação com a propagação de informações falsas nesse período de combate à pandemia. “Há pessoas que não têm o menor interesse de contribuir com a população, nem que seja uma palavra de fé com aqueles que estão sofrendo nesse momento, e passam tempo na frente de um computador a produzir e a propagar fake news”, criticou.

Ele ressaltou que pessoas que construíram suas reputações ao longo de suas vidas, como o governador do Ceará, prefeito de Fortaleza e o secretário de Saúde do Estado, são afetadas em um momento em que estão combatendo uma pandemia. “Além do esforço, eles têm que perder tempo tendo que desmentir notícias falsas, não só pelas suas honras e pelos seus trabalhos, mas pelo desserviço que causam à população. É, no mínimo, desumano!”, declarou o parlamentar

Queiroz Filho também informou que a Comissão de Educação da AL, presidida por ele, participou de uma reunião com as comissões de educação de outros estados e que ficou decidido que os colegiados enviarão uma nota pedindo o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) e das inscrições.

Segundo o parlamentar, muitos estudantes estão sendo prejudicados por não terem acesso à internet para se prepararem para o exame e até mesmo para fazerem a inscrição no Enem.

Queiroz Filho se solidarizou com os professores e afirmou que a propaganda do Governo Federal ressalta o estudo individual dos estudantes, sem reconhecer a importância dos professores no processo de aprendizagem.

O deputado concluiu sua fala agradecendo aos técnicos da TI e aos demais servidores por garantirem o funcionamento e a realização das sessões plenárias virtuais nesse período de isolamento social.

Em aparte, o deputado Fernando Santana (PT) apoiou a iniciativa de pedir o adiamento do Enem e declarou que manter as datas será injusto com os estudantes que não têm recursos para assistir às aulas à distância. Ele também agradeceu aos servidores da Casa pelo empenho em manter a realização das sessões remotas.

JM/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 388 vezes Última modificação em Quarta, 13 Mai 2020 19:05

Mais recentes de Fotografia

Itens relacionados (por tag)