Fortaleza, Sábado, 22 Fevereiro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Quinta, 13 Fevereiro 2020 16:25

Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina

Avalie este item
(0 votos)
Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina foto : Júnior Pio
Durante as explicações pessoais da sessão plenária desta quinta-feira (13/02), o deputado Salmito (PDT) qualificou de insustentável a proposta do presidente da República, Jair Bolsonaro, aos governos estaduais de abrirem mão da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

Segundo o parlamentar, essa proposta não se sustenta, pois o aumento constante dos combustíveis não acontece por aumento de impostos estaduais, mas por causa da dolarização do preço do barril de petróleo, adotado pelo Governo Federal desde o Governo Fernando Henrique Cardoso.

“Quando o presidente propõe diminuir o preço dos combustíveis zerando os impostos estaduais e federais, isso não se sustenta porque o imposto não aumentou e, mesmo assim, o preço dos combustíveis vem aumentando muito. A população sabe disso”, ressaltou.

O deputado explicou que o barril de petróleo é produzido pela Petrobras a um custo de 40 dólares, mas “a própria Petrobras passa para sua refinaria a um custo de 80 dólares o barril. Ou seja, dobrou o preço do barril de petróleo devido a essa indexação ao mercado internacional”, pontuou.

Salmito lembrou que esse petróleo é o principal insumo para produção de combustível e que o aumento do preço do barril gera outros aumentos em cadeia. “A população cearense consome produtos que vêm de caminhão, usam transporte público ou particular, gás de cozinha; tudo tem relação direta com o preço dos combustíveis”, acrescentou.

Para o deputado, o Governo Federal é que tem o poder de mudar essa situação, já que possui a maioria das ações da Petrobras. “É possível mudar. Não é questão de ser oposição. Isso não é questão de ideologia. É matemática, é numero. Se o Governo Federal quiser reduzir o preço do combustível, tira a dolarização”, concluiu o parlamentar.

JM/CG

 

 

 

 

 


 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 67 vezes

Plano de Cargos

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você concorda com proposta que altera lei dos royalties de petróleo, redistribuindo parte dos recursos do pré-sal conforme desempenho dos estados e municípios no Ideb?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500