Fortaleza, Terça-feira, 11 Agosto 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Frente pela Superação da Pobreza na Infância debate ações intersetoriais - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 11 Março 2020 17:57

Frente pela Superação da Pobreza na Infância debate ações intersetoriais

Avalie este item
(0 votos)
Frente pela Superação da Pobreza na Infância debate ações intersetoriais foto : Dário Gabriel
A Frente Parlamentar pela Superação da Pobreza Multidimensional na Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa do Ceará discutiu, em reunião na tarde desta quarta-feira (11/03), possibilidades de ações e de parcerias para atuação. Durante o encontro, órgãos e entidades compartilharam informações e aspectos dos trabalhos realizados que podem colaborar com a frente.

O deputado Nezinho Farias (PDT), presidente da frente, comentou que o objetivo é priorizar na pauta social e econômica do Estado as políticas públicas intersetoriais para superação da pobreza que atinge crianças e adolescentes.

A Frente Parlamentar trabalhará, a princípio, com quatro eixos temáticos prioritários, que terão parlamentares à frente. Para Nezinho Farias, a parceria entre Estado, municípios e entidades é essencial para o trabalho. Os eixos são habitação, saneamento e acesso à água; as várias faces da violência, renda e empregabilidade; participação social do adolescente e orçamento específico para infância.

A deputada Érika Amorim (PSD) afirmou que a reunião e, principalmente, o trabalho da frente, permitirão verificar quais áreas necessitam de maior articulação para que as políticas públicas sejam efetivadas e haja a redução das desigualdades.

Os deputados Elmano Freitas (PT) e Carlos Felipe (PCdoB) ressaltaram o assunto como estratégico para o Ceará e apontaram a parceria entre poderes como eficaz para avanços na área.

O deputado Queiroz Filho (PDT) indicou que a AL possui outras ações que podem dialogar com os objetivos da Frente Parlamentar, uma vez que possui uma abordagem multidimensional.

João Mário Santos, diretor geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), elogiou a criação da frente com foco na pobreza multidimensional e o recorte na infância e adolescência, uma vez que ainda é uma questão ampla e séria vivida no Estado.

“Precisamos de diversas ações integradas e intersetoriais para avançarmos”, comentou, citando ainda iniciativas positivas da gestão estadual, como o programa Mais Infância.

João Mário comentou ainda a necessidade de dados para planejamento de políticas públicas e, por isso, disse que estão sendo consolidadas informações da Pesquisa Regional por Amostra de Domicílios (PRAD) sobre as 14 regiões de planejamento do Ceará.         

Rui Aguiar, chefe do escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância no Ceará, afirmou a importância de debater o assunto, especialmente com foco em questões como habitação e saneamento, que afetam de forma mais forte as crianças cearenses.

Ele ressaltou ainda que a frente surge em um momento em que o Estado faz esforços claros no combate à pobreza, como o lançamento do cartão Mais Infância Ceará, assim como organiza dados e pesquisas sobre a questão.         
Fl
ávio Ataliba, secretário executivo de planejamento e orçamento da Seplag, defendeu que o Ceará precisa ser referência nacional em políticas sociais, e o alinhamento entre Executivo, Legislativo e entidades é um incentivo para que seja construída uma “agenda de futuro”. Ele reiterou ainda ser imprescindível base de dados consistente para desenho de políticas públicas adequadas.

A coordenadora do programa Mais Infância Ceará, Dagmar Soares, apresentou informações da ampla atuação para o desenvolvimento infantil no Estado. O programa do Governo do Estado foi criado em 2015 e trabalha com quatro pilares: tempo de nascer, de crescer, de brincar e de aprender. Conta com mais de 10 secretarias parceiras e já realizou mais de 2,7 milhões de visitas domiciliares.

SA/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 489 vezes Última modificação em Quinta, 12 Março 2020 09:57

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As condições para garantir a atuação da mulher na política são satisfatórias?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500