Fortaleza, Quinta-feira, 01 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Projeto visa instituir aluguel social para mulheres vítimas de violência doméstica - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sexta, 14 Agosto 2020 15:57

Projeto visa instituir aluguel social para mulheres vítimas de violência doméstica

Avalie este item
(0 votos)
Projeto visa instituir aluguel social para mulheres vítimas de violência doméstica Foto : Divulgação
Mulheres em situação de violência doméstica e de extrema vulnerabilidade no Ceará poderão contar com o aluguel social de imóvel considerado seguro para se proteger de seu agressor. O benefício está previsto no projeto da deputada Patrícia Aguiar (PSD), que tramita na Assembleia Legislativa.

Conforme o projeto de indicação nº 59/20, o auxílio será concedido às mulheres atendidas por medida protetiva prevista na Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 – Lei Maria da Penha – e às que forem obrigadas, pelas circunstâncias, a abandonar o lar em razão de reiteradas ações de violência que estejam colocando a vida em risco.

A comprovação da violência e da vulnerabilidade, segundo a propositura, deverá ser feita por todas as provas em Direito admitidas, e a concessão será deferida pela Secretaria de Estado da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), após análise técnica da documentação e das provas apresentadas.

O benefício é temporário e poderá ser concedido às famílias com renda mensal de até um salário mínimo, pelo prazo de 12 meses, podendo ser prorrogado por apenas uma vez por igual período, mediante justificativa técnica. Os recursos financeiros para o aluguel social terão origem no Fundo Estadual de Assistência Social, instituído pela Lei nº 12.531, de 21 de dezembro de 1995.

A deputada Patrícia Aguiar destaca que, na maioria das vezes, as mulheres em situação de violência doméstica não se sentem encorajadas a denunciar o agressor, em razão de este ser, via de regra, o único provedor de alimentos da sua casa.

"Assim, o projeto visa garantir que as mulheres que se encontrarem em situação de extrema vulnerabilidade, com renda mensal inferior a um salário mínimo, tenham dignidade para se refazer e possam ter uma segunda chance de proteção à sua vida e à de sua família, uma vez que receberão uma quantia mensal para custeio de aluguel social", ressalta a parlamentar.

Por se tratar de projeto de indicação e, portanto, sugestão, cabe ao Governo, se acatar, enviar a proposta em forma de mensagem para a apreciação da AL.

BD/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 423 vezes Última modificação em Sexta, 14 Agosto 2020 16:20

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você concorda com a criação de novo tributo que compense gastos com programas sociais e a desoneração da folha de pagamento?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500