Fortaleza, Domingo, 16 Junho 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sexta, 02 Março 2012 15:06

AL lança Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres

Avalie este item
(0 votos)
AL lança Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres Foto: Paulo Rocha
O Dia Internacional da Mulher será comemorado em sessão solene na Assembleia Legislativa do Ceará, nesta segunda-feira (05/03), às 14h30, no Plenário 13 de Maio. Na ocasião, será lançada oficialmente a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Mulher, criada a partir de uma proposta da deputada Eliane Novais (PSB).


Além de Eliane Novais, a homenagem foi proposta também pelos deputados Antonio Carlos (PT), Bethrose (PRP) Dr. Pierre (PCdoB), Fernanda Pessoa (PR), Inês Arruda (PMDB), Patrícia Saboya (PDT) Professor Teodoro (PSD) e Rachel Marques (PT).


“A Frente visa mobilizar parlamentares na busca por projetos e ações que contribuam com a afirmação dos direitos civis, políticos e sociais das mulheres. Somente a partir da presença feminina na política é que as desigualdades de gênero acabarão”, afirma Eliane Novais.


Durante a sessão, serão homenageadas 24 pessoas de papel relevante na luta pela afirmação das mulheres. Dentre elas a deputada federal, Gorete Pereira (PR); a ex-prefeita de Fortaleza, Maria Luiza Fontenele; a procuradora geral de Justiça, Socorro França; a presidente da Associação das Mulheres do Legislativo, Norma Soares; a vereadora de Quixadá, Francisca Alves Sales; a coordenadora de Mulheres da Prefeitura de Fortaleza, Raquel Viana; a escritora Ana Miranda e a diretora do Museu Dom José, em Sobral, Gloria Girão.


O Dia Internacional da Mulher foi oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1975, mas há várias versões para a definição da data. Uma delas diz que a data foi criada no fim do século XIX, após um protesto de operárias inglesas. Outra versão diz que a data é uma referência ao incêndio de uma fábrica em Nova Iorque onde, após um protesto, 129 mulheres foram trancadas e queimadas vivas. Uma terceira versão diz que a data foi definida no Congresso Internacional de Mulheres Socialistas, em 1910.


CV/LF

Lido 4124 vezes Última modificação em Segunda, 05 Março 2012 17:47

Portal do Servidor

Enquete

Você concorda com mudanças no Código de Trânsito Brasileiro para abrandar multas e pontuação na CNH de motoristas infratores?

AL lança Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres  - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500