Fortaleza, Sexta-feira, 12 Agosto 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Login

Heitor Férrer denuncia situação de pacientes em hospitais do Estado - QR Code Friendly
Quinta, 04 Agosto 2022 12:56

Heitor Férrer denuncia situação de pacientes em hospitais do Estado

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Heitor Férrer (União) Deputado Heitor Férrer (União) Foto: Junior Pio
O deputado Heitor Férrer (União) denunciou, no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Ceará desta quinta-feira (04/08), a situação dos hospitais públicos do Ceará.

O parlamentar relatou sua visita ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e ao Hospital de Messejana, ressaltando a eficiência em seus procedimentos, mas lamentando a sua insuficiência. “São hospitais com os melhores servidores, que formam novos profissionais, mas que estão superlotados de pacientes em seus corredores aguardando vagas para enfermaria ou leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, apontou.

Somente visitando esses grandes hospitais, segundo Heitor, é possível entender a situação emergencial desses pacientes. “Quando visitamos esses hospitais é que temos noção de tamanho sofrimento. Pessoas sentadas há dias numa cadeira, sem o atendimento que precisa e tem direito. Precisamos mais uma vez contratar leitos na rede privada. Não é uma novidade. Já liberamos R$ 100 milhões para zerar as filas de cirurgia no Estado no governo Cid e no de Camilo. Se somos o Estado que mais arrecada e mais investe, onde está isso?”, questionou.

O deputado alertou ainda o Ministério Público Estadual, Federal e o Tribunal de Contas que existem “cearenses morrendo em corredores nos hospitais estaduais”. “Isso não pode continuar. A paciência do povo tem limite, e o sofrimento desses profissionais também. É uma condenação oficial de morte”, assinalou.

Em aparte, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) lembrou que, apesar de o Ceará ser referência em transplantes e outros procedimentos, o corte dos investimentos para saúde por parte da União impacta de forma crítica o atendimento da saúde pública. “O corte na saúde tem sido violento, jogando responsabilidade toda ao Estado e municípios. Reconheço que precisamos de mais investimento, mas a grande irresponsabilidade desse País é da federação. Ela desrespeita a saúde pública. E sem recurso não se faz gestão. Enquanto os países mais pobres investem 6% em saúde, o Brasil investe 3,5%”, comparou.

Já o deputado Soldado Noelio (União) disse que não se pode tapar o sol com a peneira. “O Ceará gastou R$ 1 bilhão com propaganda, enquanto o povo agoniza em cadeiras nos hospitais. Ele observou que do concurso para seis mil vagas da Funsaúde, chamaram pouco mais de 300 aprovados. Onde está esse investimento?”, pontuou.

LA/AT

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 150 vezes Última modificação em Quinta, 04 Agosto 2022 15:51

Protocolo Digital

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500