Fortaleza, Sexta-feira, 14 Agosto 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Deputados discutem gestão da Secretaria do Trabalho e Ação Social - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 27 Novembro 2013 15:56

Deputados discutem gestão da Secretaria do Trabalho e Ação Social

Avalie este item
(0 votos)
Secretário Josbertino Clementino Secretário Josbertino Clementino Foto: Máximo Moura
A deputada Mirian Sobreira (Pros) elogiou o trabalho do secretário Josbertino Clementino à frente da Secretaria do Trabalho e Ação Social (STDS). Segundo ela, a pasta vem capacitando pessoas e as inserindo no mercado profissional. Ela questionou sobre a continuidade do programa Pronatec, que era de responsabilidade da União, e agora repassado para estados e municípios, e também sobre a ociosidade dos programas de semi-liberdade, também sobre a gestão da pasta.

Patrícia Gomes (PDT) considerou que muitas coisas estão mudando nesses dois meses na pasta. Ela frisou que 18,8% das crianças, hoje morando em abrigos, foram abandonadas pelos pais. Delegado Cavalcante (PDT) também elogiou a STDS e ressaltou a importância da interiorização de projetos, especialmente as casas de acolhimento.

Josbertino Clementino afirmou que a profissionalização dos jovens vem sendo ampliada. Ele lembrou que o Proares está parado em alguns municípios por causa de inadimplência da contrapartida, mas que até o final de 2014 mais de 40 obras do programa devem ser entregues. Ele informou que tem conversado com representantes do sistema judiciário, para que as medidas semieducativas para os jovens sejam aplicadas de forma que eles sejam encaminhados para casas onde não é utilizado regime fechado, que tem custos mais altos e nem sempre alcança o retorno desejado. “Não sou a favor da redução da maioridade. Acho que não resolve”, afirmou.

Fernanda Pessoa (PR) questionou sobre o Fundo Estadual do Idoso e o incentivo à produção de artesanato. Dr. Guimarães (PV) indagou sobre a ocupação dos jovens que se encontram nas Casas de Privação de Liberdade. Já Dr. Pierre (PCdoB) sugeriu o desenvolvimento de políticas públicas para as pessoas que vivem e trabalham na rua, como os vendedores de sinal.

Em resposta, Clementino afirmou que a STDS está comprometida, inclusive se reunindo com o Ministério Público para discutir e qualificar ações para idosos. Ele afirmou que os artesãos também estão sendo qualificados. Sobre os centros de recuperação, o secretário citou as unidades laborais e o projeto Primeiro-Passo. Por fim, ele afirmou que a população das ruas é uma das prioridades da pasta.

Os deputados Tino Ribeiro (PSDC) e Welington Landim (Pros) parabenizaram a atuação do secretário. Landim ressaltou a importância da capacitação de profissionais diante das oportunidades de trabalhão, como a transposição do Rio São Francisco que chegou a etapa cearense. Antonio Carlos (PT) propôs que sejam criados mecanismos para inibir a exploração do trabalho infantil. Já Heitor Férrer (PDT) afirmou que é preciso sanar as demandas que ainda estão pendentes de outras administrações da pauta, como obras de infraestrutura.

Josbertino Clementino declarou que está trabalhando para baixar a contrapartida dos municípios no Proares para 20% e não 30%. Ele também reforçou que a qualificação de cearenses está sendo priorizada e serão utilizadas as escolas estaduais e redes profissionalizantes para aplicação do Pronatec. “Esperamos que todos os municípios possam ter qualificação em 2014 e até 120 mil pessoas recebam capacitação”, disse.
HS/LF

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 1144 vezes Última modificação em Quarta, 27 Novembro 2013 16:08

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As condições para garantir a atuação da mulher na política são satisfatórias?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500