Fortaleza, Segunda-feira, 26 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Carlos Felipe destaca autorização para abertura de cursos de medicina no CE - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 04 Março 2015 10:54

Carlos Felipe destaca autorização para abertura de cursos de medicina no CE

Avalie este item
(0 votos)
Dep. Carlos Felipe (PCdoB) Dep. Carlos Felipe (PCdoB) Foto: Paulo Rocha
O deputado Carlos Felipe (PCdoB) destacou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quarta-feira (04/03), a autorização dada pelo Ministério da Educação (MEC) para a abertura de cursos de medicina nas cidades de Crateús, Itapipoca, Iguatu, Quixeramobim e Itapipoca, o que possibilitará a expansão do ensino superior no Estado do Ceará.

Carlos Felipe, que é ex-prefeito de Crateús, frisou que até recentemente a cidade tinha apenas um pequeno campus da Universidade Estadual do Ceará (Uece), que possuía instalações precárias. Entretanto, o deputado salientou que houve melhoria das instalações e, com o passar do tempo, expansão desse campus.
 
“Graças ao empenho do Governo Estadual e do Governo Federal, Crateús ganhou campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Instituto Federal do Ceará (IFCE). Essa é uma nova realidade que se estabelece para toda região”, informou o parlamentar.

Carlos Felipe ressaltou a luta dele pela instalação de um curso de medicina na região. “Nós inscrevemos duas vezes a cidade, mas não tínhamos os 240 leitos hospitalares exigidos pelo edital na primeira tentativa. No entanto, somamos depois os leitos disponíveis existentes na região e chegamos a esse número”, comentou.

De acordo com o deputado, o Brasil hoje tem um déficit de 60 mil médicos. Na avaliação dele, a expansão do número de cursos de ensino superior também contribuirá para o desenvolvimento do Interior.

Carlos Felipe destacou ainda a audiência pública para discutir o aumento das mensalidades nas universidades particulares, realizada na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira (03/03). De acordo com o deputado, a Universidade de Fortaleza (Unifor), após o encontro, decidiu reduzir o reajuste de 12% para 6,16%, evitando que os alunos da instituição fossem prejudicados. Ainda de acordo com o deputado, uma portaria do MEC definiu que só seriam renovados os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) com universidades que tiveram reajuste de mensalidade abaixo de 6,4%.

Em aparte, o deputado João Jaime (DEM) parabenizou o ministro da Educação, Cid Gomes, por autorizar a abertura dos cursos de medicina nessas cinco cidades. Entretanto, solicitou a instalação de um curso de medicina na região da Serra Grande.

Já o deputado Leonardo Pinheiro (PSD) avaliou que a melhoria da qualidade de vida está na redução das desigualdades sociais. Na avaliação dele, a criação dos cursos de medicina é um primeiro passo para ampliar o desenvolvimento no Interior. A deputada Augusta Brito (PCdoB) salientou que a região da Ibiapaba também tem a necessidade de receber um curso de medicina.
JS/GS

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 832 vezes Última modificação em Quarta, 04 Março 2015 11:46

Mídia

Dep. Carlos Felipe (PCdoB) Agência de Notícia da ALCE

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O presidente sancionou mudanças no Código de Trânsito Brasileiro que abrandam algumas penas e tornam outras mais duras, como o homicídio ocasionado por motorista embriagado. Você conhece as novas regras?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500