Fortaleza, Quarta-feira, 23 Setembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

CPI do DPVAT deve se reunir próxima semana - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 19 Agosto 2015 04:24

CPI do DPVAT deve se reunir próxima semana

Avalie este item
(0 votos)
Deputado José Sarto alega que houve equívoco do PMDB ao indicar integrante para o grupo, o que teria atrasado o início dos trabalhos Deputado José Sarto alega que houve equívoco do PMDB ao indicar integrante para o grupo, o que teria atrasado o início dos trabalhos ( FOTO: LUCAS DE MENEZES )
  O deputado José Sarto (PROS) afirmou que até a próxima semana a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades na entrega do Seguro DPVAT deve iniciar seus trabalhos. O parlamentar, que é autor do pedido de criação do colegiado, destacou que ainda hoje pode se reunir para a escolha do presidente, vice-presidente e relator. A resposta do deputado ocorre após o Diário do Nordeste publicar, na edição de ontem, que o grupo ainda não havia realizado nem a primeira reunião, mesmo tendo passado mais de um mês desde que o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PROS), anunciou o parecer favorável da Procuradoria Legislativa ao requerimento de instalação da CPI. De acordo com Sarto, todos os blocos e partidos tinham indicado os nomes dos membros da CPI. Porém, o líder do PMDB, Audic Mota (PMDB), indicou, equivocadamente, Danniel Oliveira (PMDB), que faz parte da Mesa Diretora. Segundo o Regimento Interno, integrantes da Mesa não podem participar como membro de comissões na Casa. Refeita a indicação, o grupo se reúne para escolha dos integrantes que farão parte do grupo pelos próximos quatro meses. "Ele (Audic) refez, corrigiu o erro e agora vamos ter que nos reunir até amanhã para fazermos a escolha do presidente, vice e relator", explicou José Sarto. Segundo ele, o deputado Fernando Hugo (SD), que está de licença devido a problemas de saúde, demonstrou interesse em participar do colegiado, o que também está sendo avaliado. Máfia Hugo levou a denúncia de uma possível "máfia" do Seguro DPVAT para a tribuna da Assembleia e já declarou que pretende ser o relator da CPI. Ainda de acordo com José Sarto, até a próxima semana, após formatação do grupo, haverá designação para a próxima semana de como será estruturado o cronograma de atuação do grupo para os próximos meses, como visita a locais e entrevista com alguns órgãos, dentre eles o Ministério Público Estadual. O prazo para a instalação e indicação de membros ultrapassou os limites regimentais. O presidente da Casa poderia escolher um nome, considerando a demora de alguns líderes partidários. No entanto, Zezinho Albuquerque achou melhor aguardar a indicação dos parlamentares, assim como a resolução do equívoco cometido pela liderança do PMDB, que indicou membro que não podia fazer parte do grupo. A instalação de CPI na atual Legislatura tem ocorrido de forma polêmica, desde os requerimentos protocolados na Casa. No dia em que iam protocolar o pedido de inquérito para investigar possíveis irregularidades nas obras da Acquario Ceará, opositores foram surpreendidos com a notícia de outras três CPIs já em tramitação. Desde então, a oposição vem utilizando a tribuna da Assembleia para criticar manobras visando evitar a investigação das intervenções do Governo do Estado. Assinaturas As comissões parlamentares de inquérito tem o intuito de investigar uma provável máfia na entrega do Seguro DPVAT, de autoria de José Sarto; da exploração sexual de crianças e adolescentes, proposta por Bethrose (PRP); e do tráfico de drogas no Estado, sugestão da deputada Rachel Marques (PT). O deputado Heitor Férrer (PDT) chegou a colher assinaturas para a instalação de CPI do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), mas até o momento não conseguiu o número suficiente para o pedido. Já Roberto Mesquita (PV), da tribuna da Assembleia Legislativa na semana passada, defendeu a instalação de inquérito para investigar possíveis irregularidades cometidas pela Companhia Energética do Ceará (Coelce).
Lido 1131 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As mudanças de hábito promovidas pela pandemia da Covid-19 serão incorporadas pela sociedade?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500