Fortaleza, Segunda-feira, 18 Novembro 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 08 Novembro 2016 11:11

Carlos Felipe volta a criticar a PEC 241

Avalie este item
(1 Voto)
Dep. Carlos Felipe (PCdoB) Dep. Carlos Felipe (PCdoB) Foto: Junior Pio
O deputado Carlos Felipe (PCdoB) voltou a criticar, no primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (08/11), a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) nº 241, que limita os gastos do Governo Federal por 20 anos e altera investimentos, principalmente em saúde e educação. O parlamentar informou que, no dia 18 deste mês, a AL irá promover uma audiência pública para debater a proposta.

De acordo com Carlos Felipe, a medida vai afetar mais a saúde do que a educação. Segundo ele, a população brasileira está envelhecendo e, nos próximos anos, a expectativa de vida das mulheres poderá chegar aos 81 anos e a dos homens aos 76.

“As demandas da saúde serão muito mais evidentes que as do ensino básico. Mas ambos os setores sofrerão com esses cortes, por isso acredito que há outras áreas onde os gastos podem ser contidos sem tanto prejuízo”, disse. Ele sugeriu, por exemplo, que o Governo reduzisse os gastos em propaganda, e não em setores fundamentais para a população.

O parlamentar considerou ainda que os novos prefeitos terão muita responsabilidade, pois deverão “brigar para que os déficits ocasionados pelo subfinanciamento em saúde não sejam congelados”. “É sabido que o maior problema da nossa saúde é o subfinanciamento, então esse congelamento afetará diretamente não só o setor público, mas também o terceiro setor”, explicou.

Em aparte, o deputado Roberto Mesquita (PSD) elogiou o discurso de Carlos Felipe e frisou que sua experiência como gestor tem feito a Casa perceber a questão da PEC 241 sob “ângulos diferenciados”. Ele destacou o prejuízo que a medida traz para a saúde e frisou que não será possível, com congelamento de gastos, reduzir filas em hospitais públicos .

PE/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 423 vezes Última modificação em Terça, 08 Novembro 2016 15:33

Portal do Servidor

Eventos Novembro

Enquete

Senado Federal analisa mudanças na pena de condenadas grávidas ou mães com filhos até seis anos. Você concorda?

Sim. A chance de punições alternativas permite um ambiente mais saudável e a garantia do bem-estar das crianças - 61.4%
Não. A medida pode funcionar como subterfúgio para abrandamento da legislação e não para desestimular a prática de crimes - 29.8%
Não tenho opinião formada - 8.8%
A votação para esta enquete foi encerrada em: %18 %b %2019 - %10:%Nov
Carlos Felipe volta a criticar a PEC 241 - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500