Fortaleza, Quinta-feira, 16 Agosto 2018

Pesquisar

Processo Virtual


Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques


Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 16 Maio 2018 11:13

Rachel Marques lamenta crescimento da mortalidade infantil no Brasil

Avalie este item
(0 votos)
Deputada Rachel Marques Deputada Rachel Marques Foto: Paulo Rocha
A deputada Rachel Marques (PT) lamentou, no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativadesta quarta-feira (16/05), o aumento de 11% da mortalidade infantil no Brasil em 2016, divulgado pelo Observatório da Criança e do Adolescente da Fundação Abrinq e publicado no jornal Valor Econômico.

Para a parlamentar, o resultado é fruto da interrupção de diversas políticas públicas desenvolvidas nos governos Lula e Dilma e da má gestão do presidente Michel Temer. “A crise econômica, com o congelamento de 20 anos dos recursos para a área da saúde, interferiram diretamente em programas sociais como Bolsa Família, Mais Médicos e Rede Cegonha”, opinou.

A petista recordou ainda o compromisso do Brasil, em 2012, com o  Objetivo do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU), de aplicar políticas públicas para a redução da mortalidade infantil. “Em 2015, o Brasil atingiu a marca de corte de dois terços nos índices de mortalidade, reduzindo em 73% a taxa, e foi um dos 62 países que conseguiram alcançar o Objetivo”, lembrou com orgulho.

Rachel Marques repudiou o crescimento da taxa e afirmou que o “governo golpista” continua retirando direitos e cortando recursos, o que vem refletindo principalmente na vida das crianças. “Esse tema precisa de muita atenção nossa. Não podemos ficar calados sabendo de números como esses”, criticou.

Em aparte, o deputado Moisés Braz (PT) disse que, por décadas, os brasileiros conviveram com um alto número de mortalidade infantil, conseguindo reduzi-los nos governos Lula e Dilma. “Agora vemos o Brasil mais uma vez entrar nesse triste caminho. Acompanhamos a imprensa e nos envergonhamos cada vez mais desse presidente que coloca nosso País novamente no mapa da fome e da mortalidade infantil”, reclamou.

Para o deputado Leonardo Pinheiro (PP), o Brasil está indo na contramão de outros países que vêm se desenvolvendo e reduzindo taxas como essas. “Nós estávamos realmente indo bem nos últimos governos no que se refere a políticas sociais. E isso não é um item isolado, mostra o retrocesso nas mais diversas áreas”, apontou.

LA/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 160 vezes Última modificação em Quarta, 16 Maio 2018 14:24

Portal do Servidor

Eleições 2018

Enquete

Você acha que o aumento na oferta de voos para a Europa, proporcionado pela chegada do hub de aviação a Fortaleza, pode trazer benefício direto aos usuários?

Rachel Marques lamenta crescimento da mortalidade infantil no Brasil - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500