Fortaleza, Segunda-feira, 15 Julho 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 04 Fevereiro 2019 03:25

Deputados elencam prioridades na AL

Avalie este item
(0 votos)
Iniciada a nova legislatura na Assembleia, os deputados estaduais começam a se organizar em torno dos temas que pretendem adotar durante os primeiros dias no novo mandato. Após terem sido empossados para atuar no período de 2019-2023, em cerimônia realizada na manhã da última sexta-feira (1º), os parlamentares voltam oficialmente às atividades no Legislativo a partir de amanhã (5).   Já Dra. Silvana (PR) promete retomar as discussões em torno do projeto que implementa uma versão estadual do Escola Sem Partido. A proposição de nº 273/2015, de sua autoria, chegou a ser aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CJJR) da Casa no último mês de dezembro, pouco antes do início do recesso parlamentar, com a própria deputada tendo optado por tirar o projeto da pauta, deixando a votação para este ano.   “Para mim, a importância maior do projeto, que ele esteja em pauta, não é que seja aprovado, é que a população saiba dos seus direitos. O projeto é constitucional e, estando em pauta, estamos informando a população”, defende ela. Silvana preferiu deixar as últimas etapas da tramitação para 2019 para que as discussões sobre o assunto no Ceará acompanhem a tramitação da versão nacional do projeto, que não conseguiu ser aprovado na Câmara dos Deputados em 2018. Ela destaca, ainda, um projeto de indicação seu, aprovado no pleito ainda em 2018, que pede a instalação de um prédio anexo para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF) para aumentar o número de leitos disponíveis, com o objetivo de acabar com os leitos de corredor dentro da unidade. “Conversei com o governador Camilo e ele se mostrou muito simpático ao nosso projeto, o terreno da frente já é do Estado, então pode utilizar. Precisando de verba federal, vamos atrás com meu marido, que é deputado federal, Jaziel Pereira”, completa.   Renato Roseno (Psol) se comprometeu a manter a postura que adotou em seu mandato anterior na Assembleia. “Vamos continuar fazendo oposição de esquerda, programática, que se marca pela cobrança, pela fiscalização, mas também pela proposição”, diz ele, antecipando, ainda, que priorizará questões como a defesa de um modelo de segurança pública preventivo e um modelo de gestão de recursos hídricos que garanta o direito à água, sobretudo nas comunidades. Ele indica, ainda, que o maior enfrentamento a ser feito no Estado hoje é o da desigualdade: “Temos 4 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza no Ceará, temos hoje uma concentração de riqueza gigantesca.” Sobre projetos específicos, Roseno ressalta que apresentou 39 proposições durante a última legislatura, tendo sido aprovados, entre essas, 11 projetos de lei e oito projetos de indicação. Os que não terminaram de tramitar a tempo, conta, seguirão sendo pautados por ele na Casa.   Oposição A bancada de oposição na Assembleia, na legislatura que se inicia, é formada hoje por oito parlamentares, de um total de 46. A deputada Fernanda Pessoa (PSDB) avalia, no entanto, que mais importante do que quantidade é a qualidade dos parlamentares que formam esse grupo. “Às vezes dizem que é pequena, mas é de qualidade, é melhor do que termos vários deputados e, na hora que precisa e que chame um, não está junto”, defende. “Nós somos coesos, vamos fazer aqui um mandato com muita responsabilidade, acredito que vamos fiscalizar e votar com o governo em matérias, como sempre fiz, quando achei que eram importantes, que fossem favorecer o povo cearense. E, onde a gente visse que não tem condições, pelo menos fazer emendas”, continua a deputada.   O sentimento é compartilhado por Soldado Noélio, que chega à bancada do Pros na Assembleia após atuar na Câmara Municipal. “Vamos fazer um trabalho muito forte com outros partidos de oposição, aproximar do PSDB e do PSL, e com certeza vamos ajudar muito o Ceará, dar sugestão e cobrar muito do governo que as ações sejam tomadas”, garante, lembrando que diversas ações já propostas pelos opositores, segundo ele, já foram ignoradas e poderiam ter solucionados problemas que hoje persistem, caso tivessem sido acatadas.   “É importante que o governo não nos tenha como meros concorrentes, como obstáculos. Estamos aqui para contribuir com o Ceará, com responsabilidade, votando a favor do que é positivo e criticando o que há de errado”, pontua.  
Lido 363 vezes

Portal do Servidor

Enquete

Onde você passará o período de férias?

Deputados elencam prioridades na AL - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500