Fortaleza, Sábado, 24 Agosto 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 18 Junho 2019 11:59

Carlos Felipe quer treinamento especial para profissionais de hospitais polo

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Carlos Felipe Deputado Carlos Felipe Foto: Edson Júnior Pio
O deputado Carlos Felipe (PCdoB) informou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (18/06), que protocolou projeto de indicação recomendando, ao Governo do Estado, treinamento especial aos profissionais que trabalham em hospitais polo do Estado.

De acordo com ele, o objetivo é reduzir o número de mortes em decorrência de acidente vascular cerebral (AVC) e infarto do miocárdio. O deputado comentou que alguns falecimentos já foram contabilizados nestes hospitais, por falta de tratamento em tempo hábil.

“Quando a pessoa tem um AVC, ela ainda tem uma ‘janela’, que permite que receba um treinamento que pode salvar sua vida, mas isso precisa ser feito em até seis horas, caso contrário a pessoa vai a óbito”, explicou.

Em outros casos, como no infarto, a aplicação de um medicamento específico, que deveria estar disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS), resolveria.“É inadmissível ainda termos falecimentos por falta de condições estruturais”, lamentou. O treinamento que propôs seria voltado para o atendimento de urgência e emergência e direcionado, sobretudo para os clínicos gerais. “A ideia é ter pelo menos um profissional apto a atender nessas situações de emergência em cada hospital polo”, acrescentou.

Carlos Felipe também comentou alguns substitutivos à proposta de Emenda a Constituição 06/19, ou a PEC da reforma da Previdência. Ele apontou alguns avanços, mas considerou que a proposta ainda é danosa ao cidadão, e que o PCdoB votará contra em âmbito nacional.

Entre as questões que ainda merecem ser revistas, ele destacou a situação das pensões, onde a pessoa viúva receberá 50% do valor, e cada filho recebe 10%; e a das pessoas que realizam “atividades  nocivas”, como trabalhar operando máquinas de raio x ou venenos.

Carlos Felipe observou, entretanto, que uma regra única para a aplicação da Previdência não contempla todos os estados. Para ele, cada estado tem  uma situação econômica e fiscal diferente, então cada um deveria realizar a sua seguridade conforme sua situação específica.

Quanto a isso, ele informou que está prestes a dar início às atividades da Frente Parlamentar em Defesa do SUS e da Seguridade Social. “Vamos lutar para garantir a saúde, a assistência e a previdência dos cearenses.

Em aparte, o deputado Walter Cavalcante (MDB) comentou que é preciso pressionar o Governo Federal para que ele dê suporte à saúde do Estado. “Infelizmente, assim como o Governo Federal voltou atrás na questão do Banco do Nordeste sob pressão popular, é com pressão popular que vamos conseguir alguma atenção para a saúde do nosso estado. Nós como parlamentares devemos nos posicionar com firmeza em defesa da saúde do nosso Estado”, disse.
PE/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 88 vezes

Portal do Servidor

Agosto Lilás

Enquete

Você utiliza o meio virtual para fazer negócios ou estudar?

Carlos Felipe quer treinamento especial para profissionais de hospitais polo - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500