Fortaleza, Sexta-feira, 17 Janeiro 2020

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Audic Mota critica atuação de integrantes do PSD no Estado - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 31 Outubro 2019 14:33

Audic Mota critica atuação de integrantes do PSD no Estado

Avalie este item
(2 votos)
Audic Mota critica atuação de integrantes do PSD no Estado foto : Júnior Pio
O deputado Audic Mota (PSB) criticou, no primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (31/10), a atuação de integrantes do Partido Social Democrático (PSD) no Ceará. Segundo o parlamentar, o crescimento da legenda no Estado “não se deve a causas republicanas”.

O pronunciamento de Audic Mota foi motivado por notícia publicada pelo jornal Diário do Nordeste no início desta semana. A matéria aponta “articulações do grupo político liderado pelo ex-vice-governador Domingos Filho”. Audic afirmou que “outros políticos apontavam que esse crescimento não se deve a causas republicanas, mas sim a abuso econômico e de poder”, disse, referindo-se às novas filiações do PSD.

O parlamentar afirmou ainda que o PSD supostamente estaria utilizando a influência política do deputado federal Domingos Neto (PSD-CE), relator do Orçamento da União para 2020, para atrair novos quadros para o partido.  “É um cenário que influi em todos os municípios do Ceará”, avaliou.

Em aparte, o deputado Vitor Valim (Pros) afirmou que, caso ocorra negociação de emenda parlamentar, isso deve ser investigado. “É uma acusação forte e dura”, ressaltou. O deputado Danniel Oliveira (MDB) também criticou o presidente estadual do PSD e saiu em defesa do ex-senador Eunício Oliveira, citado por Domingos Filho na matéria publicada pelo Diário do Nordeste.

“Gosto de pensar que na vida existem dois tipos de pessoa, os gratos e o Domingos Filho, que iniciou vida política agarrado às saias do Eunício Oliveira. Chegou longe, mas não foi candidato a governador porque não conta com a confiança de ninguém”, disse.

O deputado Tin Gomes (PDT) indicou que o “assédio” estaria acontecendo com vários partidos. "Não sei se funciona com emendas, mas não concordo com essa prática e não me calarei”, declarou. Já o deputado Carlos Felipe (PCdoB) alertou para a gravidade das denúncias. “Que tenhamos responsabilidade ao dizer e provar. Temos que ter cuidado. Emenda parlamentar e barganha não podem caminhar juntas”, orientou.

A deputada Aderlânia Noronha (SD) saiu em defesa do esposo, o deputado federal Genecias Noronha, do mesmo partido, também citado por Domingos Filho na matéria do Diário do Nordeste. “Ele (Genecias) nunca esteve envolvido em atos corruptos. Sempre foi cuidadoso com a vida pública”, garantiu. O deputado Edilardo Eufrásio (MDB) defendeu que os cargos políticos devem ser usados para beneficiar a população. “Fui prefeito e acho que, quando estamos nessa posição, devemos buscar contribuir”.

LA/LF/AT

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 291 vezes

Plano de Cargos

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O que deve ser prioridade em 2020?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500