Fortaleza, Quarta-feira, 08 Abril 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Delegado Cavalcante defende que aumento para PMs só cobre a inflação - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 19 Fevereiro 2020 15:23

Delegado Cavalcante defende que aumento para PMs só cobre a inflação

Avalie este item
(0 votos)
Delegado Cavalcante defende que aumento para PMs só cobre a inflação foto : Júnior Pio
Durante o segundo expediente da sessão plenária desta quarta-feira (19/02), o deputado Delegado Cavalcante (PSL) apontou que os salários dos policiais do Ceará não terão um reajuste real, mas uma reposição da inflação dos últimos cinco anos. Ele ressaltou que as perdas com a inflação do período foram de 31%.

O deputado afirmou que, além de os policiais terem passado anos sem aumento, precisam lidar com más condições de trabalho e um plano de saúde que não estaria atendendo plenamente. "Policiais desmotivados e maltratados. Eles  não  merecem esse tratamento que estão recebendo agora", declarou.

Delegado Cavalcante lembrou as negociações feitas na Assembleia Legislativa durante três reuniões para definir o aumento da categoria. O parlamentar declarou que houve muito embate e imposição dos representantes do Governo e que, apesar do aumento, os policiais perderam gratificações às quais já tinham direito. “A associação aceitou uma proposta que era maquiada”, enfatizou o parlamentar.

Segundo Delegado Cavalcante, o Governo estaria tentando colocar a população contra a Polícia e algumas informações passadas para a sociedade não seriam verdadeiras. “A minha preocupação é que, ao invés de solução, estão inflamando ainda mais o problema”, declarou.

O deputado também criticou as punições aos policiais que se manifestarem, o que seria considerado ato de indisciplina. “Tem que resolver, e não ficar intimidando a tropa".

Em aparte, o deputado Vitor Valim (Pros) explicou como eram as gratificações a que os policiais dizem que não terão mais direito após a negociação com o Governo. Ele ressaltou que o aumento dos policiais será parcelado em três anos, o que pesaria menos no orçamento. O deputado também criticou as punições aos policiais em caso de greve. “Não é com imposição que será resolvida a situação dessa tropa”, defendeu.

JM/LF

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 113 vezes Última modificação em Quarta, 19 Fevereiro 2020 15:27

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Em que a quarentena está afetando mais na sua vida?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500