Fortaleza, Sábado, 26 Setembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Guilherme Landim repudia atentado sofrido pelo senador Cid Gomes - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 20 Fevereiro 2020 12:04

Guilherme Landim repudia atentado sofrido pelo senador Cid Gomes

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Guilherme Landim Deputado Guilherme Landim Foto: Edson Júnior Pio
O deputado Guilherme Landim (PDT) repudiou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (20/02), os tiros sofridos pelo senador Cid Gomes (PDT/CE), ao tentar furar um bloqueio de homens mascarados que ocupavam um quartel militar, na quarta-feira (19/02), em Sobral.

O parlamentar observou que Cid Gomes tentou dialogar com os “amotinados” no quartel, para que o local fosse desobstruído, mas  sem interesse em dialogar, os manifestantes partiram para a violência. “Sabemos que a atitude não precisava ser aquelas por parte do senador, mas, quando chegou, ele foi achincalhado pelos que ali estavam. Isso é a indignação de um líder que recebeu pedidos de ajuda de seus apoiadores. Nós não podemos aceitar crime como esse. Fazer isso às vésperas do Carnaval só mostra que pessoas de má fé, mesmo que em minoria, estão agindo na corporação”, disse.

Guilherme Landim reiterou que as negociações sobre o reajuste salarial dos servidores de segurança contaram com a presença de representantes das associações dos militares e que alguns chegaram a reconhecer  isso nas redes sociais. “É claro que todo gestor gostaria de dar um salário melhor para esses homens e mulheres que se arriscam nas ruas das cidades, mas temos que ter responsabilidade. O Governo só pode dar o aumento que é possível, diante das contas do Estado”, pontuou.

O deputado enfatizou que os policiais militares não podem paralisar as atividades, pois está previsto na Constituição Federal, e que tomaram conhecimento disso quando assumiram o cargo. De acordo com Guilherme Landim, a intimidação que parte dos agentes está fazendo não irá fazer o Governo recuar na proposta de reajuste. “Com essa pressão, colocando a sociedade em risco, com atos criminosos, eu não voto em nada nesse aspecto. Há registros de policial preso por queimar carro de quem não compactua com essa situação. É algo inadmissível”, alertou.

A deputada Augusta Brito (PCdoB), em aparte, repudiou atitudes de quem está participando das mobilizações tentando intimidar a população. “Eu fico preocupada com a população que, em meio a essas atitudes, se vê acuada. Questiono  que dialogo é esse que querem ter. Quem os representa e com quem querem o diálogo”?

O deputado Leonardo Araújo (MDB) lamentou o enfrentamento que aconteceu em Sobral e observou que o governador Camilo Santana é uma pessoa que preza pelo diálogo. “As conversas necessárias para chegar a um acordo foram realizadas durante as negociações com representantes das categorias de agentes de segurança”, reiterou.
GS/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 292 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As mudanças de hábito promovidas pela pandemia da Covid-19 serão incorporadas pela sociedade?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500