Fortaleza, Quinta-feira, 09 Abril 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Heitor Férrer afirma que houve  excessos em Sobral - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 20 Fevereiro 2020 12:09

Heitor Férrer afirma que houve excessos em Sobral

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Heitor Férrer Deputado Heitor Férrer Foto: Edson Júnior Pio
O deputado Heitor Férrer (SD) lamentou, no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (20/02), o episódio de  quarta-feira (19/02), onde o senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado, durante o manifesto de policiais militares em Sobral.

O parlamentar frisou que é vedado ao policial fazer greve e o grande erro está em anistiar policial que infringe a Constituição, porém, na visão dele, o senador licenciado cometeu excessos. “Os policiais não podem andar como bandidos, usando capuz no rosto intimidando a população. Mas isso não justifica o ato de um cidadão se armar, com uma retroescavadeira, e destruir patrimônio público do Estado. Os vídeos são muito claros”, avaliou.

Para Heitor Férrer, Cid Gomes estava “completamente fora de suas competências legais e constitucionais”, quando avançou com uma retroescavadeira em direção aos portões da unidade do Batalhão. “Enquanto o governador buscou negociar com as lideranças do movimento por meio diálogo durante todos esses dias, o senador teve uma postura totalmente diferente, exigindo uma evacuação em cinco minutos daquela unidade. Isto é exemplo que um senador dê à sociedade?”, questionou.

O deputado ressaltou ainda que os tiros disparados contra o senador são inadmissíveis e que não defende em qualquer hipótese a paralisação da Polícia. “Não podemos legitimar o ato do senador, pois isso não é bravura, é criminoso. Mas nada justifica os disparos. O Governo do Ceará tem instrumentos legais para se rebelar e enfrentar esses movimentos contra a sociedade”, afirmou.

Em aparte, o deputado Tin Gomes (PDT) justificou o ato do senador Cid Gomes, como uma reação à intimidação causada pelos policiais à população de Sobral.  “Foi isso que fez o senador sair de sua casa em Fortaleza e ir até Sobral defender a população”, informou.
LA/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 105 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Em que a quarentena está afetando mais na sua vida?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500