Fortaleza, Sábado, 11 Julho 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Marcos Sobreira pede apoio a projeto que beneficia consumidor - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Domingo, 01 Março 2020 13:56

Marcos Sobreira pede apoio a projeto que beneficia consumidor

Avalie este item
(0 votos)
Marcos Sobreira pede apoio a projeto que beneficia consumidor foto : Júnior Pio
O deputado Marcos Sobreira (PDT) pediu apoio aos parlamentares na sessão plenária extraordinária deste domingo (01/03) da Assembleia Legislativa para a aprovação de projeto de lei de sua autoria que dispõe sobre a garantia de produtos substituídos por motivo de defeito insanável do fabricante.

Conforme o parlamentar, o projeto 389/19 é oriundo da Associação Nova Advocacia, que, segundo ele, está preocupada com o direito do consumidor. Marcos explicou que a entidade é compreendida por advogados com até cinco anos de inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com o intuito de buscar espaço no mercado de trabalho.

O deputado comunicou que a intenção da proposta é estender a garantia de um novo produto recebido pelo consumidor equivalente ao mesmo prazo do anterior, que tenha sido substituído em razão de vício insanável.

O parlamentar disse que, quando o consumidor adquire um produto, a garantia é, em média, de um ano e, se passar por transtorno, a pessoa é obrigada a aguardar até 90 dias, em alguns casos, para a reposição. Segundo Marcos Sobreira, quando a loja fornece um novo produto, a garantia deve ser restabelecida, beneficiando o consumidor.

O deputado também voltou a discutir sobre a crise na segurança pública no Ceará. Ele disse que a Assembleia Legislativa foi a primeira instituição a buscar diálogo com os policiais militares. O parlamentar também defendeu a discussão da proposta que proíbe a anistia dos amotinados. Para ele, o caminho mais democrático para discutir a pauta é no Poder Legislativo estadual.

O deputado pontuou que não há discussão sobre a ilegalidade da greve. Ele reconhece que é justa a solicitação de reajuste salarial, entretanto não acha justo “alguns pequenos atos de infração" que estão acontecendo para “aterrorizar”.

Em aparte, o deputado Nezinho Farias (PDT) avalia que a participação de grupos policiais na greve é “ingratidão” com o governador Camilo Santana. Ele disse que não conhece um governador com mais "humildade, sensibilidade e determinação para dialogar" como Camilo.

Já o deputado Fernando Santana (PT) criticou as lideranças da manifestação. O parlamentar asseverou que a reivindicação por reajustes salariais é justa, contudo não apoia “paralisação ilegal” para proveito político-eleitoral, prejudicando a população.    

LV/LF

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 270 vezes Última modificação em Domingo, 01 Março 2020 14:03

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

A pandemia da Covid-19 trouxe mudanças no cotidiano da sociedade (o home office é uma delas). Você acha que o trabalho remoto veio para ficar?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500