Fortaleza, Quinta-feira, 24 Setembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Dra. Silvana comenta delações da Odebrech e defende democracia - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 18 Abril 2017 16:03

Dra. Silvana comenta delações da Odebrech e defende democracia

Avalie este item
(1 Voto)
Dep. Dra Silvana (PMDB) Dep. Dra Silvana (PMDB) Foto: Máximo Moura
No tempo de liderança e nas explicações pessoais da sessão plenária desta terça-feira (18/04) da Assembleia Legislativa, a deputada Dra. Silvana (PMDB) comentou sobre as delações da Odebrech, que têm sido divulgadas nos últimos dias, nos meios de comunicação. "Fiquei estarrecida com o sorriso natural de Emílio Odebrech durante as delações", afirmou.

A parlamentar disse que já subiu várias vezes na tribuna para defender a democracia, o voto livre. Ela criticou a reforma política, o voto distrital e a lista fechada. Segundo Dra. Silvana, tudo isso é para manter as pessoas que já estão poder.

A deputada defendeu a conscientização do eleitor na hora do voto. Para ela, a maior reforma que pode existir é a da consciência do eleitor, de saber votar. "Só vamos chegar a esse entendimento quando o País colocar a mão na consciência e perguntar: será que estou votando bem? Será que eu, como eleitor, não deveria estar na lista da Odebrech?", questionou.

Dra. Silvana disse ainda que não defende a intervenção militar, mas o choque de consciência do eleitor. Ela lembrou que o País está atravessando um período delicadíssimo e "que o momento não é de levantar a bandeira da Reforma da Previdência ou da Reforma Política, o momento é de lutar pelo voto livre, democrático".

A deputada lembrou que a compra de voto sempre vai existir se tiver eleitor que venda o seu voto. "O eleitor que vende o voto coloca o País de joelhos, como está ocorrendo agora. Quem vende o voto também faz parte da corrupção", defendeu.   

Para Dra. Silvana, o modelo político brasileiro ainda é o melhor, porque permite que qualquer pessoa possa se candidatar e concorrer a uma vaga nas casas legislativas.

"Antes de qualquer reforma da Previdência, é necessário fazer uma auditoria nas contas da Previdência, e não ficar dizendo que o rombo da Previdência avança de forma megalomaníaca sem dados concretos. Só depois de uma auditoria e com novos representantes eleitos pelo povo será possível informar a população a verdadeira necessidade de uma reforma na Previdência", afirmou.

WR/AP

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 730 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As mudanças de hábito promovidas pela pandemia da Covid-19 serão incorporadas pela sociedade?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500