Fortaleza, Sábado, 31 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

André Fernandes diz que folha está “inchada” e cobra convocação de policiais - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 29 Mai 2019 15:55

André Fernandes diz que folha está “inchada” e cobra convocação de policiais

Avalie este item
(0 votos)
André Fernandes diz que folha está “inchada” e cobra convocação de policiais foto : Júnior Pio
O deputado André Fernandes (PSL), ao comparar dados da folha de pagamento do Governo Estadual de 2015 com 2019, afirmou, no tempo de liderança da sessão plenária desta quarta-feira (29/05), que a folha de pagamento dos servidores públicos estaduais está “inchada”.

Segundo ele, a folha de pagamento atingiu, no mês de abril de 2015, R$ 584 milhões. Este ano, segundo o deputado, os valores do mesmo mês chegam a R$ 728 milhões. “Fazendo uma conta básica, dá R$ 144 milhões de diferença no mês; vezes 12, o resultado é R$ 1,7 bilhão. Isso é inchar a máquina pública" argumentou. A fonte da informação foi o site Ceará Transparente, disse.

O deputado admitiu que o Governo Bolsonaro enfrenta problemas, mas, segundo ele, teriam sido herdados de gestões anteriores do Poder Executivo Federal. “Foi falado que não teria este ano concurso público. O Governo Bolsonaro pegou 'um bucho' grande. O PT e o Temer quebraram o País, e o Rio de Janeiro quebrou por má gestão petista e do MDB, e o Bolsonaro está levando a culpa. Mas, mesmo assim, o presidente convocou mil policiais federais concursados”, argumentou.

Ao comparar a gestão estadual com a federal, André Fernandes disse que o Governo Federal tem trabalhado pelo servidor público. Já no âmbito do Estado, criticou ele, 200 candidatos passaram no concurso para a Polícia Militar, e não foram convocados ‒ e tem até junho como prazo máximo para que isso aconteça. "Essa é a diferença do governo que pensa no servidor e do que não pensa. Ficar se gabando e se achando porque paga os funcionários em dia, isso é dever de casa”, acentuou.

André Fernandes criticou  ainda a postura dos deputados cearenses que, segundo ele, não compareceram ao encontro com o presidente Jair Bolsonaro para discutir pautas relacionadas à Região Nordeste.

“O Bolsonaro fez reunião sobre o Nordeste, e mais da metade da bancada cearense não compareceu. O Bolsonaro convocou, mas nenhum do PT e do PDT estavam presentes. Esses mesmos que cobram relação com a Presidência não foram até lá”, criticou.

O parlamentar se comprometeu com os deputados estaduais a intermediar uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro. “É dever nosso fazermos. Tentarei marcar audiência com os deputados estaduais, é um compromisso nosso”, reiterou.

Em aparte, o deputado Soldado Noelio (Pros) citou um vídeo veiculado na rede social do governador Camilo Santana em que, segundo o parlamentar, o gestor estadual teria dito que iria convocar os policiais militares concursados. “ O governador Camilo tem vídeo assumindo chamar os policiais militares e não cumpriu”, disse. 

Já o deputado Salmito (PDT) expressou que as divergências de ideias estão apenas no campo político. “Não tenho problema em divergir, dialogar e até pactuar. Diálogo é importante para o Parlamento e para o mandato”, disse.

LV/CG

 

 

 

 

 

 

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 425 vezes Última modificação em Quarta, 29 Mai 2019 16:06

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Está em vigor no Ceará a Lei 17.234/2020, que torna obrigatório o uso de máscara para evitar a disseminação da Covid-19. Que tipo de máscara você usa para se proteger?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500