Fortaleza, Sexta-feira, 23 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 13 Fevereiro 2020 16:25

Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina

Avalie este item
(0 votos)
Salmito Filho considera insustentável proposta de zerar ICMS da gasolina foto : Júnior Pio
Durante as explicações pessoais da sessão plenária desta quinta-feira (13/02), o deputado Salmito (PDT) qualificou de insustentável a proposta do presidente da República, Jair Bolsonaro, aos governos estaduais de abrirem mão da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

Segundo o parlamentar, essa proposta não se sustenta, pois o aumento constante dos combustíveis não acontece por aumento de impostos estaduais, mas por causa da dolarização do preço do barril de petróleo, adotado pelo Governo Federal desde o Governo Fernando Henrique Cardoso.

“Quando o presidente propõe diminuir o preço dos combustíveis zerando os impostos estaduais e federais, isso não se sustenta porque o imposto não aumentou e, mesmo assim, o preço dos combustíveis vem aumentando muito. A população sabe disso”, ressaltou.

O deputado explicou que o barril de petróleo é produzido pela Petrobras a um custo de 40 dólares, mas “a própria Petrobras passa para sua refinaria a um custo de 80 dólares o barril. Ou seja, dobrou o preço do barril de petróleo devido a essa indexação ao mercado internacional”, pontuou.

Salmito lembrou que esse petróleo é o principal insumo para produção de combustível e que o aumento do preço do barril gera outros aumentos em cadeia. “A população cearense consome produtos que vêm de caminhão, usam transporte público ou particular, gás de cozinha; tudo tem relação direta com o preço dos combustíveis”, acrescentou.

Para o deputado, o Governo Federal é que tem o poder de mudar essa situação, já que possui a maioria das ações da Petrobras. “É possível mudar. Não é questão de ser oposição. Isso não é questão de ideologia. É matemática, é numero. Se o Governo Federal quiser reduzir o preço do combustível, tira a dolarização”, concluiu o parlamentar.

JM/CG

 

 

 

 

 


 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 383 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O presidente sancionou mudanças no Código de Trânsito Brasileiro que abrandam algumas penas e tornam outras mais duras, como o homicídio ocasionado por motorista embriagado. Você conhece as novas regras?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500