Fortaleza, Sábado, 31 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Comissão discute lentidão no acordo coletivo entre BNB e funcionários - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 09 Julho 2013 17:41

Comissão discute lentidão no acordo coletivo entre BNB e funcionários

Avalie este item
(0 votos)
Audiência pública debateu o não cumprimento por parte do Banco do Nordeste do acordo coletivo de trabalho firmado em 1988 Audiência pública debateu o não cumprimento por parte do Banco do Nordeste do acordo coletivo de trabalho firmado em 1988 Foto: Marcos Moura
Em audiência pública realizada na tarde desta terça-feira (09/07), a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania debateu, junto aos representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará, o não cumprimento por parte do Banco do Nordeste do acordo coletivo de trabalho firmado em 1988.
 
Segundo a presidente da Comissão, deputada Eliane Novais (PSB), medidas previstas pelo acordo, como a equiparação do Plano de Funções em Comissão do BNB ao plano correspondente do Banco do Brasil, nunca foram realizadas e a audiência teria como função resgatar o assunto. “O BNB não cumpriu o acordo após esses 25 anos e, neste momento, vamos resgatar essa discussão”, explicou.

Também de acordo com a parlamentar, como o acordo não foi cumprido, em 1991 o Sindicato dos Bancários entrou com uma reclamação trabalhista cobrando a ação do Banco, mas até hoje nenhum dos 1.600 empregados foi beneficiado. Nenhum representante do referido banco compareceu ao debate.

O diretor do Sindicato dos Bancários e Coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, Tomaz de Aquino e Silva Filho, afirmou que a ausência de representantes do BNB em todas as tentativas de encontro prova seu descaso com a situação desses trabalhadores.

“É vital que a direção do banco se faça presente. Queremos resgatar um direito de forma conciliada. Que eles ao menos apareçam para que se faça algum acordo, pois esse descaso não será mais tolerado”, salientou Tomaz.

Em nome da Associação dos Aposentados do Banco do Nordeste do Brasil, Miguel Nóbrega reclamou da demora no cumprimento do acordo. “Dedicamos nossas vidas ao BNB e não queremos nada além de um direito nosso. Esta ação é uma herança de outras administrações que vem se arrastando ao longo do tempo e não se tem uma solução. A grande maioria desses beneficiados já está na casa dos 70 anos e não pode mais esperar”, disse ele.

Participaram também da audiência a representante da Associação dos Funcionários do BNB, Rita Josina Feitosa, e o assessor técnico do Sindicato dos Bancários do Ceará, José Sousa Junior.
LA/RT

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 955 vezes Última modificação em Quarta, 10 Julho 2013 08:07

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Está em vigor no Ceará a Lei 17.234/2020, que torna obrigatório o uso de máscara para evitar a disseminação da Covid-19. Que tipo de máscara você usa para se proteger?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500