Fortaleza, Sábado, 24 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Projeto Produto Artesanal Cearense para Copa 2014 é apresentado na AL - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 14 Agosto 2013 17:55

Projeto Produto Artesanal Cearense para Copa 2014 é apresentado na AL

Avalie este item
(0 votos)
Fórum de Turismo do Ceará (Fortur-CE) Fórum de Turismo do Ceará (Fortur-CE) Foto: Marcos Moura
  O projeto Produto Artesanal Cearense, que tem o objetivo de fazer com que o artesanato do Estado possa ser licenciado para ser vendidos nas lojas oficiais da Fifa, foi apresentando à população e discutido na tarde desta quarta-feira (14/08), durante o Fórum de Turismo do Ceará (Fortur-CE), realizado na Assembleia Legislativa. O encontro, foi solicitado pelo deputado Sérgio Aguiar (PSB) e contou com a participação de representantes da Secretaria Extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor) e do Conselho Municipal de Turismo de Fortaleza (Comtur).

Elaborado e apresentado pela Secopafor, o projeto contará com a colaboração dos artesãos cearenses e da população em geral, para escolher o produto que poderá ser comercializado nas lojas da Fifa, espalhadas pelo Brasil e por outros continentes, nos dias de jogos da Copa do Mundo de 2014.

De acordo com o titular da pasta municipal, Domingos Neto, esse é um momento propício para promover a cultura cearense. “O objetivo da secretaria não é apenas organizar o evento para que ele seja um sucesso, mas deixar um legado para a população” frisou.

Conforme dados do presidente do Convention & Visitors Bureau de Fortaleza, Colombo Cialdini, apenas 15 mil desembarques internacionais foram registrados durante a Copa das Confederações na Capital e 5% dos ingressos foram vendidos para o público estrangeiros.

“Precisamos trabalhar para disseminar a cultura do Estado e atrair mais turistas para a Copa do Mundo. Comercializar um produto genuinamente cearense nas lojas oficiais da Fifa é uma ótima alternativa. Também é importante estudar a possibilidade de instalar quiosques em pontos turísticos de Fortaleza, como o Mercado Central ea avenida Monsenhor Tabosa”, acrescentou Cialdini.

Durante a apresentação do projeto, o coordenador do Fórum de Turismo do Ceará (Fortur-CE), Pedro Carlos, fez um levantamento dos pontos positivos e negativos, apresentados durante os jogos da Copa das Confederação 2013 em Fortaleza. Segundo ele, os serviços oferecidos pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins foram um dos pontos positivos. Entre os pontos negativos estão o trajeto percorrido pelos torcedores entre os locais dos bolsões até a entrada do Castelão, a ausência de bolsões no Centro e a decisão de decretar feriados para o comércio em dias de jogos.

“O momento é para analisar quais os pontos negativos e estudar soluções de melhorias para apresentar aos organizadores do evento. Infelizmente, não cabe a nós mudar o esquema, mas apresentar possíveis alternativas para melhorar”, explicou.

Também participaram do evento o deputado Júlio César Filho (PTN); o vereador de Fortaleza Gelson Ferraz (PRB) e o presidente da Associação dos Empresários do Centro de Fortaleza, Maia Júnior.
MA/RT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 2222 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O presidente sancionou mudanças no Código de Trânsito Brasileiro que abrandam algumas penas e tornam outras mais duras, como o homicídio ocasionado por motorista embriagado. Você conhece as novas regras?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500