Fortaleza, Sexta-feira, 27 Novembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Mauro Filho explica cálculo de superávit das contas públicas do Estado na AL  - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 13 Julho 2015 19:09

Mauro Filho explica cálculo de superávit das contas públicas do Estado na AL

Avalie este item
(0 votos)
Deputados debatem contas públicas do Ceará Deputados debatem contas públicas do Ceará Marcos Moura
O secretário da Fazenda do Ceará, Mauro Benevides Filho, explicou como é feito o cálculo das contas do Estado durante audiência pública realizada na tarde desta segunda-feira (13/07). O debate foi promovido pelas comissões de Orçamento, Finanças e Tributação e de Fiscalização e Controle da Casa.

Segundo Mauro Filho, em 2009, o Fundo Monetário Internacional (FMI), as agências de risco e os bancos credores convencionaram com o Governo Federal que, na apuração do superávit primário, poderiam ser abatidos os investimentos do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC).

“Isso foi para tentar fazer com o que os investimentos aumentassem e o Brasil pudesse ter taxa de crescimento do PIB maior”, explicou o secretário. Da mesma forma, o Ceará passou a abater das contas os gastos em investimentos.

Para o deputado Carlos Matos (PSDB), requerente do debate, há divergências nos números do superávit primário apresentado pelo Governo do Estado. “O Governo do Estado enviou para a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) um resultado primário diferente do que está sendo apresentado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). O resultado está sendo medido de forma errada, porque está deduzido os investimentos dos gastos do Governo”, disse o parlamentar.

Mauro Filho contestou a afirmação há déficit nas contas, uma vez que o Estado não deixou de pagar juros de amortização da dívida pública. “O Estado se endividou pouco. Tem 42% de endividamento. Queremos ir ainda mais nos próximos três anos, até 75% ou 80%, para ver se o Estado aumenta ainda mais sua capacidade de investimento”, defendeu o secretário. Ele destacou ainda que o Ceará vai ser o único estado do Brasil a contratar um empréstimo internacional sem o aval da União. “Esta é a avaliação dos credores que analisam as nossas contas e examinam nossa capacidade de endividamento”, ressaltou.

A conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Soraia Victor, afirmou que é importante a discussão das contas públicas na Assembleia Legislativa, local “onde inicia e termina o fluxo das informações orçamentárias”. “É o local onde são votadas o PPA (Plano Plurianual), a LDO ( Lei de Diretrizes Orçamentárias) e a LOA (Lei Orçamentária Anual)”, lembrou.

O procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Eduardo Lemos, avaliou que o Estado precisa atrair investidores e, para isso, eles precisam ter confiança nas contas públicas. “Qualquer outro mecanismo pode levar a uma desconfiança geral”, alertou.

O deputado Júlio César Filho (PTN), presidente da comissão de Orçamento, Finanças e Tributação, lembrou que, até a próxima quinta-feira (16/07), os deputados devem votar, em Plenário, a LDO e o relatório de contas do Governo do Estado do ano de 2014.

Participaram da audiência pública o relator LOA, deputado José Sarto (pros); o líder do Governo na Casa, Evandro Leitão (PDT); o presidente da Comissão de Fiscalização e Controle, Bruno Pedrosa (PSC); e os deputados Roberto Mesquita (PV), Audic Mota (PMDB) e Heitor Férrer (PDT).

Também compareceram ao debate o secretário-adjunto da Secretaria do Planejamento do Ceará (Seplag), Carlos Eduardo Pires; o procurador-adjunto da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Ariano Melo Pontes; e o secretário da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, José Flávio Jucá.

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 1473 vezes Última modificação em Segunda, 13 Julho 2015 19:13

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Como combater os casos de violência e discriminação contra a população negra?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500