Fortaleza, Sexta-feira, 21 Fevereiro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Conferência da Caatinga expõe políticas de convivência com o semiárido - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Quinta, 21 Junho 2018 12:51

Conferência da Caatinga expõe políticas de convivência com o semiárido

Avalie este item
(1 Voto)
II Conferência da Caatinga II Conferência da Caatinga Foto: Máximo Moura
A II Conferência da Caatinga deu continuidade às atividades, na manhã desta quinta-feira (21/06), com diversas sessões temáticas acontecendo na Assembleia Legislativa, debatendo meio ambiente, recursos hídricos, saneamento, agropecuária e desenvolvimento humano.

Com o objetivo de acolher indicativos de experiências exitosas realizadas no bioma da Caatinga e as possibilidades de serem replicadas, as sessões temáticas abordadas na manhã de hoje expuseram temas relativos às políticas de convivência com o semiárido.

A representante da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA- Brasil), Cristina da Paz, descreveu a organização como uma rede que defende, propaga e desenvolve políticas públicas de convivência com o semiárido. Formada por mais de três mil organizações da sociedade civil de distintas naturezas, além de sindicatos rurais, associações de agricultores e cooperativas, a ASA defende direitos dos povos e comunidades que compõem o semiárido brasileiro.

Cristina ressaltou que, para apoiar legalmente as ações da ASA, a “Associação Programa Um Milhão de Cisternas” (AP1MC) foi criada em 2002 com o objetivo de implantar programas que facilitem o estoque de água para consumo humano nas casas, escolas e espaços comunitários. “A AP1MC também atua na perspectiva da educação, desenvolvendo ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), além de formação de educadoras e educadores, construindo com as famílias conhecimentos que ampliem e aprofundem a convivência com o semiárido”, explanou ela.

A representante salientou ainda que a AP1MC é qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) junto ao Ministério da Fazenda. “Promovemos a cidadania e o fortalecimento das entidades da sociedade civil atendendo a região semiárida dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe”, explicou.

Foram abordados também políticas de preservação do meio ambiente e a importância do saneamento básico, além de palestra sobre fósseis e a necessidade da preservação para a história.

GM/PN

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 839 vezes Última modificação em Segunda, 25 Junho 2018 11:35

Plano de Cargos

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você concorda com proposta que altera lei dos royalties de petróleo, redistribuindo parte dos recursos do pré-sal conforme desempenho dos estados e municípios no Ideb?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500