Fortaleza, Sábado, 24 Agosto 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 10 Dezembro 2018 12:12

Escritório Frei Tito alerta para déficit de moradia no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Avalie este item
(0 votos)
O Dia Internacional dos Direitos Humanos é comemorado nesta segunda-feira (10/12), data escolhida para celebrar e reivindicar os direitos assegurados pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, instituída pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.

O Escritório Frei Tito de Alencar da Assembleia Legislativa, em nota ao público, ressalta os inúmeros desafios enfrentados para a efetivação dos direitos humanos no Brasil, como a extrema desigualdade social e a carência de políticas públicas básicas. O órgão aponta o direito à moradia como um dos maiores entre esses desafios.

"Trata-se de um direito social previsto no artigo 6º da Constituição Federal; contudo, na capital do Ceará, obstáculos de infraestrutura e saneamento atingem 1,085 milhão de habitantes, cerca de 41% da população”, alerta a nota.

Segundo o Laboratório de Estudos de Habitação da Universidade Federal do Ceará (Lehab/UFC), na Capital, o déficit habitacional deve ser superior a 130 mil moradias.

O escritório aponta como exemplo dessa problemática, a situação da comunidade Raio de Luz, localizada na rua Capitão Aragão, na Aerolândia. Segundo o advogado Miguel Rodrigues, são 140 famílias que vivem em situação precária, habitando um antigo prédio do Colégio CDI, atualmente com risco de desabamento.

O Escritório Frei Tito, em visita técnica à comunidade, constatou a situação que envolve ausência de saneamento; comprometimento da estrutura do prédio; inundação em época de chuvas, etc. Informada sobre a situação, a Defesa Civil realizou vistoria e já identificou que o prédio sofre com risco de desabamento, desaconselhando que as pessoas permaneçam no local. O advogado informa ainda que as famílias estão aguardando, desde junho de 2017, a inclusão no programa de aluguel social da Prefeitura de Fortaleza, porém, até hoje não obtiveram nenhuma resposta, e, sem ter outra moradia, permanecem no local.

LS/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 365 vezes Última modificação em Terça, 11 Dezembro 2018 11:42

Portal do Servidor

Agosto Lilás

Enquete

Você utiliza o meio virtual para fazer negócios ou estudar?

Escritório Frei Tito alerta para déficit de moradia no Dia Internacional dos Direitos Humanos - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500