Imprimir esta página
Sábado, 12 Janeiro 2019 18:26

Deputados avaliam atuação da AL na crise da segurança no Ceará Destaque

Avalie este item
(1 Voto)
Deputados avaliam atuação da AL na crise da segurança no Ceará foto : Marcos Moura
A convocação extraordinária proposta pelo Poder Executivo para votação de projetos visando combate ao crime organizado, mobilizou deputados da situação e da oposição em busca de soluções para a crise na Segurança que o Ceará enfrenta desde o dia dois de janeiro deste ano.

Para o deputado Dr. Sarto (PDT), “a convocação extraordinária visa ajudar o Ceará a acelerar a discussão sobre a violência e tentar qualificar ainda mais esse combate”. Para ele, é consenso que o combate ao crime é uma luta diária e que precisa se atualizar, já que o crime organizado se sofistica a cada dia.

Carlos Felipe (PCdoB) destacou, entre as medidas propostas nas mensagens do Governo, a convocação dos policias inativos, aumento de carga horária dos policiais, criação de um fundo para formação e qualificação, além de reaparelhamento da polícia. “Essas medidas devem trazer resultados imediatos. É o momento de intensificar a ação e fazer esse enfrentamento para poder dar tranquilidade ao povo do Estado do Ceará”, pontuou.

Para o deputado Audic Mota (PSB), o pacote de mensagens que o Executivo enviou para que a Casa permite maior dinamismo e maior uso da força pelo Governo do Estado. “O estado do Ceará vive, há 10 dias, uma pauta nova, não em termos de problema, mas em termos de enfrentamento do problema. É hora da Assembleia contribuir com as novas medidas, que são necessárias para dar segmento a esse combate”, explicou.

Heitor Férrer (SD) acredita que as medidas que estão nas mensagens do Governo poderão fortalecer as políticas públicas de combate à violência no Estado. “São matérias importantíssimas para o combate à violência no Ceará. É sempre importante não só dar segurança, mas também transmitir a sensação de segurança. Neste momento, o estado precisa das duas coisas”.

Repensar a política de Segurança do Estado de modo mais amplo é considerado fundamental pelo deputado Renato Roseno (Psol). Ele lembrou que “o momento é de crise, mas é necessário enfrentar as questões estruturais de longo e médio prazo”.

Moises Braz (PT) destacou que há mobilização de diversas forças, junto com a AL, para por fim aos atentados que estão acontecendo no Ceará e elogiou o trabalho das polícias do estado. “A Polícia Civil, Polícia Militar, da Perícia Forense do Estado do Ceará, o Corpo de Bombeiro têm atuado de forma rápida”, enfatizou.  

A atuação do Governo e da AL também foi destacada pelo deputado Leonardo Pinheiro (PP). “Este enfrentamento é fundamental e tem que ser agora, antes que tudo fuja do controle. Acredito, que todos os deputados chamados vieram com muito empenho e tranqüilidade para contribuir nesse momento”, declarou.

O deputado Julinho (PPS) destacou que os parlamentares atenderam ao chamado do presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), para a sessão extraordinária, “demonstrando o interesse e o compromisso da Assembleia Legislativa em contribuir para resolver o problema”.

JM / WT/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 822 vezes Última modificação em Sábado, 12 Janeiro 2019 18:32

Mais recentes de Fotografia