Fortaleza, Quinta-feira, 09 Abril 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Brasilidade destaca trajetória da cantora Claudia Telles - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sexta, 28 Fevereiro 2020 10:41

Brasilidade destaca trajetória da cantora Claudia Telles

Avalie este item
(0 votos)
O programa Brasilidade, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), homenageia neste domingo (01/03) a cantora Claudia Telles.

Filha do violonista Candinho e da cantora Sylvia Telles e sobrinha do compositor e cantor Mário Telles, Claudia cresceu ao som da bossa nova. Ainda menina, foi convidada pela mãe para subir ao palco do Teatro Santa Rosa, no Rio de Janeiro. Na ocasião – último show da temporada do espetáculo “Reencontro”, que reuniu Sylvia Telles, Edu Lobo, Tamba Trio e Quinteto Villa-Lobos –, Claudia cantou “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinícius de Moraes.

Iniciou carreira em 1972, fazendo coro em gravações de vários artistas, como Roberto Carlos, José Augusto, The Fevers, Gilberto Gil, Jerry Adriani, Jorge Benjor, Belchior, Simone, Rita Lee e Fafá de Belém, entre outros. Claudia também substituiu Regina no Trio Esperança, em shows e gravações, durante a gravidez da cantora. Atuou ainda como crooner do conjunto de Chiquinho do Acordeon.

Em 1976, foi convidada pela gravadora CBS para gravar um compacto simples com a música “Fim de tarde”, de Robson Jorge e Mauro Motta, que chegou aos primeiros lugares das paradas e vendeu mais de 500 mil cópias, o que lhe valeu seu primeiro Disco de Ouro.

Ainda nos anos 1970, lançou compactos e os LPs “Claudia Telles” (1977), “Miragem” (1978) e “Eu quero ser igual a todo mundo” (1979). Em 1988, gravou o LP “Solidão pra quê”. Já em 1995, gravou um CD contendo obras de Cartola e Nélson Cavaquinho. Dois anos depois, a gravadora CID promoveu um encontro entre mãe e filha no disco “Por causa de você”, com a voz de Sylvinha extraída das gravações originais.

Produzido por Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentado por Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.
BD/LF
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 110 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Em que a quarentena está afetando mais na sua vida?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500