Fortaleza, Sábado, 24 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

LDO 2021 prevê efeitos na economia com crise do coronavírus no Ceará - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 05 Mai 2020 18:34

LDO 2021 prevê efeitos na economia com crise do coronavírus no Ceará

Avalie este item
(1 Voto)
O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2021 foi recebido pela Assembleia Legislativa do Ceará e lido na sessão extraordinária do Sistema de Deliberação Remoto (SDR) da última quarta-feira (29/04). A LDO, elaborada anualmente, indica as metas e as prioridades do Governo para o próximo ano e orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual, baseando-se no que foi estabelecido pelo Plano Plurianual 2020-2023, aprovado no ano passado.

Foi designado para relatar a LDO o líder do Governo na Casa, deputado Júlio César Filho (Cidadania). Ele reconhece que o projeto chega à Assembleia em um momento de apreensão, principalmente por conta dos possíveis efeitos da pandemia da Covid-19 no Ceará. "Não há dúvidas de que vivemos momentos incertos por conta da pandemia. Não sabemos se haverá uma compensação do Governo Federal, os avanços do Plano Mansueto ou o ritmo da retomada da crise pós-pandemia", explica.

O parlamentar destaca que a crise econômica deverá ser sentida em nível mundial e que muitas ações foram adotadas pela equipe econômica do Estado para reduzir os impactos da pandemia de coronavírus localmente.

"As medidas adotadas pelos governos do Brasil e do Ceará para atenuar os impactos econômicos provocados pelo vírus impactaram a perspectiva de crescimento do PIB estadual, previsto para 0,23% para este ano; 2,86% para 2021; 2,92% em 2022, repetindo esse percentual em 2023", ressalta o líder do Governo.

O parlamentar explica ainda que foi projetada para o período de 2021 a 2023 uma receita tributária de R$ 47,9 bilhões no Estado, sendo o ICMS principal tributo estadual, com previsão de arrecadação de R$ 43,6 bilhões. "Espera-se arrecadar com o Fundo de Participação dos Estados (FPE) algo em torno de R$ 24,5 bilhões ao longo desse período", projetou Júlio César.

JM/Com Assessoria/LF

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 615 vezes Última modificação em Quinta, 07 Mai 2020 12:32

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O presidente sancionou mudanças no Código de Trânsito Brasileiro que abrandam algumas penas e tornam outras mais duras, como o homicídio ocasionado por motorista embriagado. Você conhece as novas regras?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500