Fortaleza, Terça-feira, 24 Novembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Projeto prevê cassação de empresas que pratiquem maus-tratos aos animais - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 14 Julho 2020 12:22

Projeto prevê cassação de empresas que pratiquem maus-tratos aos animais

Avalie este item
(0 votos)
Projeto prevê cassação de empresas que pratiquem maus-tratos aos animais Foto: Divulgação
A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) recebeu 323 registros de casos envolvendo violência ou descuido contra animais entre os meses de janeiro e agosto de 2019, sendo mais de 90% referentes a maus-tratos. Os quase 36 fatos por mês acenderam o alerta.

O deputado Nizo Costa (PSB), atento ao problema, apresentou o  projeto de lei n° 68/20, que propõe a cassação da inscrição estadual de empresas responsáveis por maltratar animais. A proposta, em tramitação na Assembleia Legislativa, define que a medida seria aplicada após a comprovação do crime e o devido trâmite judicial.

De acordo com o texto, a lei abrange animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos e a cassação da inscrição estadual ocorrerá depois do trânsito em julgado da sentença condenatória do processo judicial relativo ao delito de maus-tratos a animais do qual a empresa é responsável. Além disso, não será concedida uma nova inscrição para a empresa.

“Os animais não dispõem de meios para se defender, e sabemos que é possível viver em harmonia com eles. Por isso, é nosso dever social protegê-los dos maus-tratos. Não é admissível que, em pleno século XXI, ainda tenhamos que conviver com tanta brutalidade”, defende o parlamentar. Para ele, a proposta busca justamente a proteção dos animais por meio de leis mais rigorosas.

As atitudes que podem ser enquadradas estão previstas no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/1998) -  abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, e ainda quem realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

Condutas como abandonar, agredir, atropelar, submeter o animal a tarefas exaustivas, manter e amontoar animais em ambientes insalubres e sem higiene adequada também podem ser caracterizadas como maus-tratos aos animais.

DENÚNCIAS

As denúncias na capital e Região Metropolitana de Fortaleza são investigadas pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). No interior, os procedimentos são apurados pela unidade local responsável pelo município onde ocorreu o fato.

Para facilitar o cadastro das ocorrências na Delegacia Eletrônica, basta que o usuário acesse o site, preencha os dados solicitados e escreva um breve relato sobre o fato denunciado. Caso possua fotos, vídeos, relato de testemunhas, laudos veterinários, dados do agressor, do veículo envolvido na ocorrência ou qualquer outra evidência que possa colaborar com sua denúncia, aguarde contato dos investigadores, enquanto o BO é autenticado. A Polícia Civil do Ceará assegura a privacidade dos usuários com o sigilo das informações.
LA/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 430 vezes Última modificação em Terça, 14 Julho 2020 17:03

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Como combater os casos de violência e discriminação contra a população negra?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500