Fortaleza, Quarta-feira, 19 Dezembro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Oradores
Oradores

Oradores (5466)

O deputado Dedé Teixeira (PT) manifestou nesta segunda-feira (17/12), durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa, apoio aos trabalhadores rurais, que vêm sendo despejados de assentamentos por ordem judicial em algumas localidades do Estado. Segundo ele, a retirada das famílias “atormenta e coloca em xeque toda a luta dos companheiros por terra para trabalhar."  
O deputado Renato Roseno (Psol) manifestou preocupação, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta segunda-feira (17/12), com o atual ambiente político e social de risco aos defensores dos direitos humanos. O parlamentar lembrou que, no mesmo mês em que se completam 30 anos do assassinato do líder ambientalista Chico Mendes, foi revelado um plano para assassinar o deputado federal Marcelo Freixo (Psol/RJ).
O deputado Fernando Hugo (PP) comentou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (17/12), as declarações do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/RJ) sobre pena de morte. Segundo o parlamentar, ele defendeu a pena de morte em algumas ocasiões, porém o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que não está na agenda de Governo debater o tema.
A deputada Dra. Silvana (PR) lamentou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (17/12), as postagens na internet que tentam ridicularizar fala da futura ministra das Mulheres, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Em vídeo que circula nas redes sociais, a nova ministra declara em um culto evangélico que viu Jesus Cristo em cima de um pé de goiaba, quando tinha 10 anos de idade.
O deputado Ely Aguiar (PSDC) lamentou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta segunda-feira (17/12), a retirada de assinaturas ao projeto de lei que concede Título de Cidadão Cearense ao presidente eleito Jair Bolsonaro.
O deputado Renato Roseno (Psol) lembrou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (13/12),  que há  50 anos foi baixado o Ato Institucional  nº 5 (AI-5), que suspendeu as garantias constitucionais dos cidadãos. Publicado no dia 13 de dezembro de 1968, assinado pelo presidente Costa e Silva, a medida marcou a fase mais dura do período de ditadura militar no Brasil.
O deputado Ferreira Aragão (PDT) cobrou, no primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (13/12), explicações sobre o atraso do pagamento de funcionários da empresa Corpo de Segurança do Nordeste (CSN), prestadora de serviços para o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).
A deputada Dra. Silvana (PR) ressaltou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (13/12), o projeto “Escola Sem Partido”, de autoria dela, que foi retirado de pauta na reunião da Comissão de Educação na Casa.
O deputado Dedé Teixeira (PT) enfatizou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (12/12), o projeto de lei do Poder Executivo, que dispõe sobre a reestruturação administrativa do Estado.
O deputado Carlos Felipe (PCdoB) destacou, nesta quarta-feira (12/12), durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia, o aumento do número de inscritos no Instituto de Saúde dos Servidores do Estado (Issec), cuja reestruturação foi aprovada por meio de projeto de lei votado em março pelo Plenário da Casa.
O deputado Renato Roseno (Psol) parabenizou, no primeiro expediente da sessão plenária desta quarta-feira (12/12), a decisão do Conselho Estadual de Educação do Ceará que adotou a resolução de n° 471/2018 sobre a liberdade de pensamento e expressão do professor em sala de aula.
A deputada Dra. Silvana (PR) defendeu, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (12/12), os policiais envolvidos na operação que resultou na morte de 14 pessoas no município de Milagres, na última sexta-feira (07/12). Segundo a parlamentar, os 12 profissionais afastados pelo governador Camilo Santana para a conclusão das investigações não podem ser responsabilizados pelo episódio, e merecem ter o acompanhamento de uma assistência psicológica nesse período de afastamento.
Página 1 de 456

Portal do Servidor

Enquete

Como você pretende utilizar o 13º salário?

Oradores - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500